domingo, 30 de setembro de 2012

NOVAS FOTOS

Semana passada brincamos um pouco com o volante corcunda no carro.
  
 Colocamos o volante para atiçar ainda mais a ansiedade de ver o Fusca pronto.

O botão da buzina será substituído por outro, original.

 Demoramos para acertar a posição correta das lanternas.

 Vista da parte de trás, com as lanternas instaladas no local correto.

Detalhe da lanterna do fusca. Diferente dos fuscas nacionais, a carcaça da lanterna é de metal.

 Vista do fusca repousando na garagem da oficina.

 Pára-lama do lado esquerdo é original, com um vinco bem pronunciado.

 Trabalhou-se o pára-lama do lado direito, visando igualá-lo ao do lado oposto.

 Lixado e com verniz, para proteger da ferrugem.

 Vista do carro, à noite.

Parte de trás do Fusca.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

PRESILHAS DO ASSOALHO

Foram instaladas as presilhas do assoalho, que prendem os tapetes. Essa presilha (ou grampo ou suporte do tapete) tem a função de fixar o tapete do fusca e evitar que ele deslize sobre o assoalho. Esse tipo de presilha foi usada nos fuscas de 1956 até a primeira série de 1959.

Acima, detalhe da presilha original do fusca, feita originalmente em latão. 

Visão da parte de baixo do assoalho. No local onde fica a presilha há uma pequena depressão. A foto acima é de um assoalho original VW.

À esquerda: presilha original VW. À direita: reprodução em metal.

 São necessárias 8 (oito) presilhas por carro; para cada assoalho, são instaladas duas presilhas na frente e duas atrás.

Parte de baixo da presilha. Foi necessário fazer o buraco, igual ao original, para permitir fazer o buraco na parte de baixo do assoalho. 

Vista dos tapetes instalados. Esses tapetes estão na cor cinza, utilizados apenas nos fuscas 58/59. O correto para o fusca 1956 são os tapetes pretos, que já foram providenciados.

Vista lateral dos tapetes. 

O tapete possui o furo para permitir a fixação na presilha.

Posição dos pinos na parte de trás do assoalho. Obrigado Diogo!