quarta-feira, 28 de maio de 2014

KPO

Ontem foi o dia de aplicação do selante na carroceria. Foi aplicado a vedação da marca MAXI RUBBER, na cor branca, dita como a melhor do mercado. É popularmente chamado de KPO, uma referência à marca do mesmo produto feito pela BRASCOLA. 

O produto é passado entre a junção de chapas, de modo a vedar e proteger esses locais de corrosão.

O local de aplicação precisa ser fosqueado e limpo, para permitir a perfeita aderência do produto. 

Consideramos importante passar uma fita adesiva de modo a delinear os locais de aplicação e dar um melhor acabamento visual. 

Parte de trás com as fitas no lugar.

Parte da frente do Fusca também com as fitas. 

Uma vez feito isso, deve-se catalisar o produto na proporção de 100 gramas de Maxived para 15 gramas de composto B.

Mistura-se bem, para homogenizar o produto. Deve-se aplicá-lo de imediato, pois após a catálise o produto seca rapidamente.

Passa-se o vedador com pincel. 

Cria-se uma camada emborrachada entre a junção das chapas. 

Logo em seguida as fitas são retiradas. 

Pronto na parte de trás. 

Pronto na frente. 

domingo, 25 de maio de 2014

TAMPA DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL

O tanque de combustível repousando no lugar que, em breve espero, seja o definitivo. 
 
Essa é a tampa que será utilizada no tanque. 
 
É uma peça nova, nunca usada, alemã, para o bocal de 80mm do tanque. 
 
Marca BLAU, alemã.

sábado, 24 de maio de 2014

TINTA DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL

Providenciou-se a manipulação da tinta para pintura do tanque, da capa das muflas localizadas embaixo do banco traseiro e do suporte do puxador da porta direita. 
 
A tinta foi feita em poliéster e tomou como referência a tampa das muflas do ar quente localizadas embaixo do banco traseiro. Cinza azulado semi-brilho. 
 
A tinta foi feita na FOGIATTO TINTAS de Curitiba (PR). Colorista: Mariano.
 
 
Como a tinta ficou fosca demais, será passado um verniz a 4% de modo a chegar-se no semi-brilho pretendido.


sexta-feira, 23 de maio de 2014

TANQUE COMBUSTÍVEL

A foto acima é do tanque de combustível do Fusca. Estava pintado, na parte de cima, na cor do veículo e apresentava alguns pequenos amassados. De um modo geral, estava em perfeito estado, sem nada que o comprometesse.

Foi lixado e os amassados resolvidos com uma repuxadora spotter elétrica. A parte de baixo foi pintada com fundo óxido vermelho que, obviamente, será retirado por ocasião da pintura do tanque. 

Na parte inferior do tanque percebe-se, ainda, o resquício da tinta cinza azulada original de fábrica. 

Será nessa cor que o tanque será pintado. A mufla do ar quente, de cor semelhante, ajudou a servir de referência para a feitura da tinta.

O tanque do 56, diferente dos Fuscas nacionais, possui dois vincos horizontais. O tanque com essas características foi utilizado apenas até o chassi nº 1.165.107 (abril de 1956). 

Repare a beleza da solda original de fábrica no bocal do tanque de 80mm.

Parte de trás do tanque. 

quarta-feira, 21 de maio de 2014

ARUELAS DOS PÁRA-LAMAS

A partir de uma aruela original do pára-lama, reproduziu-se um conjunto completo de aruelas para serem usadas no Fusca 56. Com a mesma medida e espessura do original, as aruelas foram feitas com corte a laser na Dugale Metalúrgica Ltda., localizada na Cidade Industrial, de Curitiba (PR). Os ajustes da borda, inclinação, a retirada das rebarbas e a foto acima foram feitas pelo amigo e grande colaborador Diogo. 

domingo, 18 de maio de 2014

ALAVANCA DO FREIO DE MÃO

Alavanca do freio de mão que será utilizada no Fusca. Será substituído apenas o botão.

Peça original, com o logotipo da VW estampado na alavanca. Será pintada na cor bege.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

CILINDRO-MESTRE

Como o cilindro-mestre que estava no Fusca era da marca VARGA, procurou-se um original alemão para instalar no 56.

O cilindro-mestre veio da Alemanha, com logo original VW.

A coifa de proteção do cilindro-mestre também é original VW, com o logo da empresa.

Além do logotipo, observe o número da peça.

O cilindro-mestre foi reparado com peças nacionais disponíveis no mercado. No momento da instalação do cilindro-mestre no Fusca, será substituída a coifa paralela pela original ...

... bem como a tampinha da saída do cano do freio.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

CILINDROS DE RODA II

 
Conseguimos encontrar a capinha da ATE do sangrador dos cilindros de roda.
Agora os cilindros, que foram feitos pela ATE, ganharam a capinha correta.
Colocando a capa.
No lugar.

TINTA DA CARROCERIA - L324 POLAR SILVER

O Fusca 56 será pintado na sua cor original: Código L324 Polar Silver metálico.Optamos por usar a marca DuPont, linha Chroma, reconhecidamente uma das melhores do mercado, usada por várias montadoras. Gostaríamos de ter usado a marca GLASURIT, que era o fornecedor de tintas para a VW, porém, a melhor qualidade da DuPont prevaleceu na escolha.

A tinta é em PU, comprada na Darka, de Curitiba.

Acima, foto de um Fusca Polar Silver, com teto (foto retirada do site www.thesamba.com). Tem-se uma noção de como poderá ficar o veículo.

sábado, 10 de maio de 2014

ABRAÇADEIRAS DO ESCAPAMENTO

 Kit de abraçadeiras originais que serão utilizadas no 56.
Conjunto completo com as abraçadeiras, juntas e parafusos Kamax. 
Abraçadeiras possuem o logo VW. 
É sempre um prazer segurar uma peça original.


quinta-feira, 8 de maio de 2014

TINTA DO CHASSI

Depois de três tentativas, finalmente ficou pronta a tinta para pintura do chassi! Uma das referências para fazer a tinta foi a chapa de descanso dos pés do passageiro emprestada pelo amigo Diogo. O Fusca 56 não possui o descansa-pés, apenas buscou-se nessa peça o padrão correto para se chegar à tonalidade da tinta, uma vez ser peça VW ainda com a pintura original.
 A chapinha com a amostra da tinta. PU com fosqueante. Semi-brilho. Há um limite técnico para a adição de fosqueante ao PU, acima do qual a pintura pode rachar ou criar pés de galinha. Como o PU é naturalmente brilhante, torná-lo fosco para alcançar o semi-brilho é sempre tarefa árdua, principalmente no preto.
Nota Fiscal da Tintas Darka, do Hauer, local onde a tinta foi feita.