quarta-feira, 20 de agosto de 2014

TÉRMINO DA PINTURA

Depois de longa data, finalmente, o Fusca 56 saiu da pintura. Olhe o bobão aí, todo prosa, com o Fusca sendo embarcado para voltar para casa.

Apesar da alegria, ainda falta diversos detalhes a serem pintados, como o tanque de gasolina, travessa do banco traseiro, alavancas de câmbio e do freio de mão, etc.

Quem fez transporte do Fusca foi o ROGÉRIO, fone (41) 7812-7711 ou (41) 9991-1990, sempre muito cuidadoso. Indico para todos.

No momento da subida ao caminhão, saindo da oficina de pintura. A carreta foi extremamente útil nesse momento, uma vez que o Fusca está sem a mecânica.
  
Detalhe do cofre do motor. 

Porta-Malas. 

Carroceria - parte interna do pára-lama dianteiro. 

Carroceria - parte interna do pára-lama traseiro. 

Detalhe dos pontos de solda na parte interna do pára-lama traseiro.

Assoalho. Todo o chassi foi pintado em PU preto semi-brilho.

Parte interna traseira. 

Mufla do banco traseiro do lado direito. 

Mufla do banco traseiro do lado esquerdo.

Cangalha - parte interna.

Cangalha - parte externa.

Chiqueirinho. 

Detalhe do suporte de buzina. 

Cadeirinha. 

Berço do estepe. 

Suporte do macaco. 

Braço do capô.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

CARRETA DA CARROCERIA

Construiu-se um carreta para colocação da carroceria, visando guardá-la de modo adequado, evitando danos após a pintura. Lembro que a carroceria somente será acoplada ao chassi após a completa montagem  da mecânica.

O carrinho ganhou o logo VW como adorno. 

Também as iniciais do mestre-funileiro. 

A carreta foi pintada em epóxi e o logo VW como tinta azul comum. 

A carreta da carroceria foi feita um pouco mais alta e um pouco mais larga, de modo a permitir que o chassi fique por baixo dela, ocupando um único lugar.

Na garagem, aguardando a chegada da carroceria. 

CARRETA DO CHASSI


A própria oficina que fez a funilaria do Fusca 1956, fez a carreta para o chassi.

Essa carretinha é útil para movimentação do chassi, facilitando os trabalhos de montagem da mecânica e do próprio manuseio do chassis após a pintura.

A carretinha foi reforçada na parte de trás para suportar o peso do conjunto câmbio/motor. A carreta recebeu pintura a pó (eletrostática ou epóxi), feita pela empresa TECNO PINTURAS INDUSTRIAIS, em Pinhais (PR), fone: 3667-3414.