sexta-feira, 29 de maio de 2015

CHAPA DE COBERTURA DOS CILINDROS

Também as chapas de cobertura dos cilindros foram pintadas de preto semi-brilho (epóxi).

 As chapas possuem lado, direito e esquerdo, e a respectiva numeração de cada um dos cilindros.

Detalhe da chapa de cobertura com a indicação dos cilindros 3 e 4.

SABONETEIRA DA BOMBA DE GASOLINA

 A saboneteira ou chapa de cobertura da bomba de gasolina foi pintada em epóxi, na cor preto semi-brilho (WEG).

Parte inferior da saboneteira.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

CHAPA DEFLETORA DOS CILINDROS


As duas chapas defletoras dos cilindros. Jateadas e com pintura eletrostática, preto semi-brilho.

Localização da chapa defletora no motor.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

TAMPAS DE VÁLVULA DO CABEÇOTE

 Jogo de tampas de válvula do cabeçote. Foram pintadas, na parte externa, em epóxi, na cor preto semi-brilho (tinta marca WEG).

 São peças originais VW. Observe detalhe do logo VW em uma das tampas.

Logo VW na outra tampa. Estão prontas para serem instaladas.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

CARBURADOR

 Algumas fotos do carburador antes de qualquer trabalho de limpeza e revisão na peça.

 É um carburador alemão.

 Feito pela Solex. Veja logo VW na peça e "Made in W-Germany".

 Ainda possui a lingueta de identificação do carburador. 

 É um carburador SOLEX 28PCI-1.

Base superior ainda original, também alemão.

INDUZIDO DO DÍNAMO

 Depois de alguma procura, conseguimos achar um induzido para o gerador do Fusca.

 Da marca Bosch, novo, de estoque antigo.

 Antigas anotações de sua aplicação (VW e 6V).

 O induzido repousando no interior da embalagem.

O novo induzido de 6 volts é essencial para que se possa reverter a voltagem do Fusca.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

COPINHO OU CALOTINHA DAS RODAS DIANTEIRAS

 Os copinhos ou calotinhas das rodas dianteiras são as que estavam instaladas no Fusca.

 Por terem quase 60 anos, até que não estavam tão ruins, porém, perceba os diversos amassados nas peças. Elas são encaixadas no cubo da roda.

 Ambas são originais, com logo VW (detalhe na foto acima).

 Acima, os mesmos copinhos depois da restauração.

 Foram desamassados e polidos. Parece terem sido cromados, mas não, é o ferro natural após terem sido polidos.

Acima, um pequeno vídeo com o processo final de polimento.

 Acima, perceba melhor as diferenças do antes e depois da restauração.

As mesmas peças, antes e depois.

SOFRENDO COM O DÍNAMO

Por conta da opção de galvanizar o dínamo, tivemos que desmontá-lo por inteiro. Agora, estamos sofrendo na montagem. Muito trabalhoso e muito tempo gasto. O eixo do suporte perpassa a carcaça e é travado batendo-se a extremidade com uma talhadeira.

Parte interna do suporte.

Para retirar o suporte foi necessário limar a cabeça do eixo.

Carcaça galvanizada com a indicação do local do suporte das escovas/bobina de campo.

O suporte precisa estar todo isolado. Tivemos dificuldade em encontrar as buchas e arruelas isolantes.

Tivemos que mandar fazer o pino do suporte em um torneiro. Isso levou, entre idas e vindas, entre faz-refaz, duas semanas aproximadamente.

Finalmente no lugar. Apesar da trabalheira, ficou muito bom, graças ao paciente trabalho do meu amigo Tuca. Como vocês podem observar, o pino é travado com a utilização de uma talhadeira. A opção mais fácil seria colocar uma porca, porém, a opção é sempre a mais difícil: manter a originalidade da peça.

Parte interna.

O Antes, o Durante e o Depois. Um mês inteiro somente nesse detalhe.