quarta-feira, 27 de abril de 2016

SUSPENSÃO

Dando um repasse na suspensão dianteira, resolvemos galvanizar parafusos e porcas, não só pra melhor proteger esses componentes, mas também para melhorar a questão estética do quadro.

 Colocando porcas e parafusos no devido lugar.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

BARRAS DE DIREÇÃO

Barra de direção ajustável, lado esquerdo (curta).

 Pivôs com engraxadeira.

 Pivô com engraxadeira.
  
Barra de direção ajustável do lado direito. Essa barra precisou ser desentortada (serviço feito pelo torneiro Gerson, da Ripesul).

Pivôs da barra longa também com engraxadeira.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

TRAVAS DO SISTEMA DE DIREÇÃO

 O sistema de direção do Fusca 56 possui diversas travas originais. Deu bastante trabalho localizar todas as travas corretas, pois são todas diferentes uma da outra. Acima, trava do braço pitman.

 Detalhe da trava do braço pitman.

 Travas para a abraçadeira da caixa de direção.

 Detalhe da trava da abraçadeira da caixa de direção.

Trava da braçadeira da coluna de direção. 

Trava do acoplamento da direção.

 Trava e acoplamento.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

NOVO CILINDRO-MESTRE DO FREIO

Novo cilindro-mestre do freio.

Muita gente me pergunta por qual razão tenho demorado tanto para montar o Fusca. Aqui vai um exemplo prático: já havia comprado há uns 2 anos o cilindro-mestre do freio, achando que era a peça correta para o meu oval. Tempos depois, descobri que o cilindro-mestre, que tinha diâmetro de 17 mm, não era o correto pro meu Fusca, pois o original é cilindro-mestre de 19 mm. Depois dessa descoberta, comprei um outro cilindro-mestre, novo e original, de 19 mm. Na hora de instalar esse cilindro-mestre descobrimos duas coisas: 1º a haste original do freio era muito longa e 2º os caninhos de freio que saem para as rodas seriam colocados por baixo do cilindro e não por cima, como seria o correto. Ou seja, esse segundo burrinho mestre também não serviu. Suponho que seja de Kombi e não de Fusca. Novamente fomos atrás de um cilindro original e correto para o Fusca 56. Achamos uma peça nos EUA, usada, ao preço de U$ 100,00 + frete. Depois de 30 dias de espera, a peça chegou. Após sua revisão, fiquei contente por não precisar trocar o reparo interno, Nesse momento, descobri que o reparo do cilindro dos Fuscas fabricados a partir de 1957 até dezembro de 1966, que usam cilindro-mestre de 19 mm, não servem no cilindro original dos Fusca fabricados entre 1954 e 1957. E, o pior, não encontrei na net nenhum reparo para os cilindros-mestres desse período para ter como reserva. O dia que ocorrer algum problema, terei que mandar fazer num torneiro um pistão específico para o burrinho principal, de modo a manter todos os equipamentos originais. Tudo isso fez com que os trabalhos ficassem parados por cerca de 40 dias.

 Apesar de usada, a peça é original.

Feita a revisão, iremos trocar apenas a cebolinha do freio por outra, com terminais de parafusos, correta para o período.

Haste do freio da pedaleira original do Fusca. Essa haste somente pode ser usada com cilindro-mestre igual ao das fotos deste post.